Reprogramar o presente e o futuro

Wanderson cresceu no Complexo do Alemão, na época uma das comunidades mais violentas do Rio de Janeiro. A descoberta de um novo horizonte de oportunidades aconteceu quando ele esteve em um centro de ressocialização de jovens que cumprem medidas socioeducativas em Santa Cruz.

Lá, matriculou-se na Escola de Informática e Cidadania (EIC), do Comitê para Democratização da Informática. Aos 17 anos e já com duas passagens por instituições judiciais, ele enxergou a esperança de um futuro melhor na tela de um computador. Após ser capacitado, passou a ser educador da EIC da própria instituição, que dava aulas tanto para os internos quanto para a comunidade.

Após deixar a instituição como educador, Wanderson tornou-se supervisor do CDI Comunidade Francisco, na Lapa, que oferecia cursos diferenciados de informática e cidadania. Na sequência, se formou em Administração de Empresas e foi convidado a integrar a equipe do Comitê para Democratização da Informática no Rio de Janeiro, atuando na área de captação de recursos.

Desde então, além de ter aberto seu próprio negócio social, já atuou em iniciativas como Criança Esperança, Coletivo Coca-cola, Afrotech IBM, Aprender e Transformar e TEDx, além de ter organizado o Startup Wekeend Change Makers, realizado em mais de 20 Estados do Brasil.

Tags: recoders