window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'UA-20732535-1');

Acesso à plataforma Recode é expandido em Portugal

2022-01-06T18:26:29-03:002 de junho de 2020|DESTAQUE|0 Comentários
[:pt]

A pandemia que vem assolando o mundo exige medidas rígidas para conter o avanço da doença. O isolamento social é hoje um motor de transformação que demanda flexibilidade de todos os setores. Buscando se adaptar aos novos tempos, o CDI Portugal, membro da Rede Recode, disponibilizou todas as aulas, que antes do coronavírus eram restritas ao Centro de Cidadania Digital de Valongo, para acesso em todo o país.

“A plataforma Recode é a primeira ferramenta verdadeiramente global que estamos utilizando. Os nossos cursos podem marcar o início de uma nova visão sobre o futuro de cada jovem. O acesso à tecnologia não é necessariamente complexo, e ele fornece ferramentas que podem ser fundamentais nas opções de vida de cada um”, ressalta o CEO do CDI Portugal, João Baracho.

De acordo com o executivo, a oferta dos cursos online nesta fase de confinamento é essencial para permitir que todos os jovens possam ter acesso às disciplinas:

“O início no Centro de Cidadania Digital de Valongo funcionou como um piloto que nos permitiu testar a adaptação dos cursos à realidade portuguesa e formar a nossa equipe na sua utilização e na possibilidade de criação e introdução de novos conteúdos”, completa Baracho.

O CDI Portugal faz parte da rede global da Recode, que está presente em nove países, com 1.152 centros de empoderamento digital. Os cursos também são acessíveis a pessoas que não possuem grandes conhecimentos em informática. Todos estão adaptados para o português de Portugal, além de possuírem certificações de empresas como Microsoft e PMI (Projet Management Institute).

Quem vive em Portugal e deseja participar deve acessar o site e escolher uma das disciplinas disponíveis. Todas são oferecidas gratuitamente.

[:]
Ir ao Topo