“Cineastas 360° – Realidade Virtual para Impacto” se reinventa durante a pandemia

Um dos projetos de grande destaque do audiovisual, o “Cineastas 360° – Realidade Virtual para Impacto” precisou se reinventar durante o ano de 2020. Em um ano afetado pela pandemia, além de escolas públicas, moradores de dez cidades brasileiras puderam participar gratuitamente de cursos totalmente on-line sobre a tecnologia, aprendendo técnicas que vão desde a produção e roteirização de documentários à edição e finalização dos vídeos.

Ao todo, a ação atingiu cerca de 700 pessoas, com 11 filmes produzidos. Cinco deles foram reconhecidos no “V Festival Nacional Cineastas 360°”, realizado pela Recode em parceria com o Facebook Brasil, sendo destacada a obra “A pandemia no Marajó”.

Confira um pouco sobre os filmes premiados:

A pandemia no Marajó

O filme criado pela E.E.E.M Maria Elizete Fona Nunes relata como as pessoas infectadas e a cidade de Breves, no Pará, reagiram ao Covid-19 durante a pandemia.

Realizadores: Breno Amaral e Fábio Acioli

Convivendo consigo mesmo

A obra do Colégio Estadual Culto à Ciência, de Campinas/SP, mostra como um jovem passa os dias de quarentena, vivendo um turbilhão de emoções dentro de casa.

Realizadores: Sandy Alice Silva Santos e João Pedro Gonçalves Paulo.

Bodega de Seu Júlio

O vídeo da IFPB/EJSM mostra que, em meio à pandemia, a cidade de Campina Grande/PB vive um momento diferente: a comemoração do São João no Natal. Nesse documentário, um casal de turistas é levado a conhecer o Sítio São João e conversar com o bodegueiro Júlio, que compartilha suas vivências e seus saberes sobre a cultura tradicional paraibana e as coisas que não podem faltar numa bodega.

Realizadores: Difaria, Luá de Souza e Amanda Silva

O desafio do novo

O curta é baseado na mudança que a Escola de Educação Básica São Cristóvão, de Capinzal/SC, teve em relação à pandemia. O vídeo mostra o cotidiano de uma professora que pertence ao grupo de risco, além de uma adolescente que teve a vida totalmente afetada pela Covid-19.

Realizadores: Lilia Gotardo, Luana Merfort Spielmann e Stefanie Arante

A pandemia nas cidades isoladas

O curta da Escola Estadual Sagrado Coração de Jesus explora as peripécias da comunidade de São Félix do Tocantins/TO no período da pandemia. Nele, quatro personagens mostram como estão realizando os trabalhos, com as histórias se cruzando através do mito de que o novo coronavírus seria um problema apenas de cidades grandes.

Realizadores: João Pedro Gonçalves Paulo e Beatriz Kellen da Silva

Todos os filmes completos estão disponíveis em www.facebook.com/cineastas360.

Fechar Menu