Confira os principais destaques da nossa organização em 2016 (Parte 01)

Dois mil e dezesseis foi um ano cheio de realizações e reconhecimento para nossa organização!
Iniciamos projetos, participamos de eventos nacionais e internacionais e promovemos o nosso propósito de promover o empoderamento digital. Foi tanta coisa que em um texto só não couberam todos esses momentos e dividimos em duas partes!

Confira o primeiro post sobre os principais destaques da nossa organização em 2016:

 

1 – Nos unimos ao Pacto Global da ONU pela construção de uma sociedade mais justa

04

A gente acredita que, juntos, podemos ser mais fortes na construção de um mundo mais justo. Para isso, atuamos como parceiros de sustentabilidade social de empresas e da sociedade. Também nos comprometemos em ajudar a criar e fortalecer políticas públicas, com base em padrões internacionais. Por isso, assinamos o Pacto Global da ONU, a maior iniciativa de responsabilidade corporativa do mundo, que se dedica a mobilizar a comunidade empresarial para a adoção, em suas práticas de negócios, de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção

2 – Tornamos nossa missão ainda mais conhecida mundialmente

03

Aceitamos o convite para contar nossa trajetória de 21 anos de empoderamento digital em dois livros publicados internacionalmente. Nosso presidente, Rodrigo Baggio, compartilhou a história da criação do então CDI e seus desafios e aprendizados como empreendedor social no livro “Social Entrepreneurship and Innovation”, publicado no Reino Unido. Essa trajetória de inovação social do Brasil para o mundo também foi destaque na obra mexicana Innovación Social, creando soluciones para la vida, lançada em novembro.

 

3 – Lançamos um movimento pelo uso transformador da tecnologia

01

Uma evolução da Semana da Inclusão Digital, liderada nacionalmente desde 2001 por nós, a Semana do Empoderamento Digital teve o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a importância do uso transformador da tecnologia. Na  campanha, convidamos jovens, professores, educadores e empreendedores sociais a compartilhar experiências práticas de melhorias promovidas pelo uso da tecnologia. Criamos um “buzz” nas nossas páginas nas redes sociais. Foram mais de 20 mil pessoas alcançadas e 1.200 interações nos posts e vídeos publicados. Na imprensa, mais de 40 veículos repercutiram a iniciativa. Ficou um gosto de “quero mais” e, para 2017, pretendemos expandir a iniciativa para atividades off-line, envolvendo ainda mais nossos parceiros e apoiadores.

 

4 – Fortalecemos o relacionamento com parceiros institucionais no campo de bibliotecas

02

Acreditamos que para fortalecermos ainda mais as bibliotecas, precisamos dialogar em rede em prol de uma causa maior. Em 2016, estimulamos esse diálogo em dois encontros com os coordenadores dos Sistemas Estaduais de Bibliotecas Públicas, para ouvi-los sobre os desafios do campo e de que maneira nosso programa de bibliotecas pode contribuir para superá-los. Também estreitamos os laços com a Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB) e o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP) do Ministério da Cultura (MINC), uma vez que essa aproximação é fundamental se queremos trabalhar em prol do campo do livro, leitura, literatura e bibliotecas. Nos aproximamos, ainda, da Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias em um encontro nacional em Brasília a fim de intensificar diálogos entre Bibliotecas Públicas e Comunitárias.

 

5 – Levantamos a bandeira do empoderamento digital em fóruns nacionais e internacionais

05

O Time Recode representou nossa causa de levar uma nova consciência através da tecnologia pelo Brasil e pelo mundo. Em fóruns, seminários, oficinas e palestras nos posicionamos para trazer uma nova consciência e reprogramar realidades. Começamos o ano no Seminário Internacional De Acessibilidade Em Bibliotecas Públicas, na USP, passamos pelo encontro da Rede Cidadã com o workshop “Tecnologia e Educação: Desafios e Oportunidades”. Finalmente, nossa última participação do ano foi na 13° Oficina Para a Inclusão Digital, com nossa CEO em mesa redonda falando sobre importância do nosso trabalho social, no final de novembro.

Fechar Menu