3 depoimentos inspiradores sobre o projeto Cineastas 360°

Alunos e professores de 5 escolas públicas foram a São Paulo para participar do Festival Nacional Cineastas 360°, que foi realizado no dia 25 de julho de 2018 e premiou “Francisca” como o melhor filme em 360° produzido eles. Todo o projeto foi uma experiência única! Seus relatos foram tão inspiradores e completos que decidimos compartilhar alguns. Confira:

Layla Rocha, professora de Química – Centro de Ensino Carlos Alberto de Deus, em Goiânia (GO)

“Não poderia deixar de fazer alguns agradecimentos após o final dessa jornada pelo Cineastas 360°. Meu primeiro agradecimento é aos alunos que se dispuseram a participar do projeto. Trinta jovens conheceram novas tecnologias, conheceram um pouco mais do cinema e do que há por trás da telona. Como professora me orgulho de todos vocês e dos seres mais humanos que vocês se tornaram após essa nova formação. Agradeço também a Márcia Oliveira, melhor coordenadora, foi maravilhosa, atenciosa e a cada momento estava à disposição para nós auxiliar no que era necessário. […] Rafael Romão, Camila Batista e Thamires Garcia, [time Recode] vocês foram as melhores pessoas no decorrer do Cineastas 360°. Rafael, você demostra alegria no olhar quando fala de educação audiovisual, e é isso que faz com que eu acredite que realmente o audiovisual na educação é uma ferramenta maravilhosa, seu amor pelo que faz impactou meus meninos, e deixou marcas em minha formação como professora. Recode, você tem as três melhores pessoas que poderiam ter nesse projeto. Seguimos agora em frente, para todos nossos alunos continuamos ensinando que para os sonhos não há limites. Que venham novos projetos, novos desafios e novas oportunidades. ”

Thaís Affonso, estudante da equipe do filme “Vale da Eletrônica” – Escola Estadual Sanico Teles, Santa Rita do Sapucaí (MG)

“Começamos a ver o mundo de uma forma diferente. Não com um olhar só, mas com uma visão mais global. Mais em 360°, vamos dizer assim. Antes do projeto, a gente não entendia muito bem o que era trabalhar em grupo, o que era ouvir a opinião dos outros e saber respeitar. Eu mesma não gostava muito do pensamento de “ah, vou ouvir a opinião dele, vou concordar”. Mas com o Cineastas 360° eu comecei a falar “não, pera aí, vamos conversar, eu vou falar uma coisa, você fala a sua e ele fala a dele. Eu vou respeitar a sua, você respeita a dele e vocês respeitam a minha, e com isso a gente monta uma ideia”. Então eu acho que a gente melhorou muito em questão de ouvir a opinião dos outros, saber trabalhar em grupo, saber que nem sempre tudo vai sair como a gente quer, mas se a gente tentar, for atrás, dar o nosso máximo, a gente consegue.”

 

Beatriz Kellen, estudante da equipe do filme “Francisca”  – Centro de Ensino Carlos Alberto de Deus, em Goiânia (GO)

“Quando entramos no projeto não fazíamos ideia de sua proporção, para nós era tudo uma grande brincadeira. Então escolhemos o tema do nosso documentário, e no primeiro dia de gravação percebemos que Jesus tinha nos dado não só a oportunidade de conhecer uma nova tecnologia, como também a de relatar uma grande história. O altruísmo, amor e alegria de Francisca nos mudou e tenho certeza que mudou todos que colocaram aqueles óculos e assistiram nosso filme.
Bom… as gravações, a edição, as brigas (risos), a construção do roteiro… Tudo nos mostrou que quando há dedicação e amor durante o processo o resultado é inevitável. Somos campeões regionais e nacionais do Cineastas 360°! Obrigada a essa equipe vencedora. Layla Rocha, Yan Ítalo, Sabrina Rodrigues e Gabriela Vieira, vocês foram incríveis. Obrigada Facebook e Recode por trazerem esse projeto até nós. Obrigada Rafael Romão por ser tão atencioso conosco. E por fim, obrigada Francisca! Você não apenas teve seu nome gravado nos cartazes, está também nos nossos corações. ”


Confira mais registros dessa experiência no Instagram, com a hashtag #360emSP.

Fechar Menu