Ex-aluno da Recode desponta como liderança social no Rio

Jovem fez diversas formações na Recode e reforçou sua atuação como agente de transformação em Costa Barros

Felipe Rocha, de 19 anos, acredita que todo ser humano pode fazer o bem e se desenvolver. “Enquanto acreditamos na vida, existe um potencial”, conta ele. Demonstrando grande maturidade – apesar da pouca idade – o jovem já é uma liderança social no bairro de Costa Barros, no Rio de Janeiro, que tem hoje um dos menores índices de desenvolvimento humano do município. Caçula entre dez filhos, nunca conheceu o pai. Apesar disso, encontrou boas oportunidades na vida e hoje se dedica como voluntário a ajudar crianças e jovens de sua comunidade.

Entre 2017 e 2018, Felipe fez diversas formações na área de tecnologia na Recode, além de participar do treinamento do programa Active Citizens para lideranças sociais, promovido pela Recode e pelo British Council. “Com a formação da Recode, perdi o medo de aprender coisas novas. Me aventurei na área de programação e me inspirei com a dedicação do educador. Por meio da Recode também conheci uma rede de pessoas que querem dar o melhor de si para ajudar os outros”, afirma.

Com os certificados em mãos dos cursos que fez em nossa organização, conseguiu uma vaga de Jovem Aprendiz e seguiu atuando na ONG Visão Restaurar como instrutor de 22 crianças de 8 a 12 anos. E vai começar 2019 com novos projetos, como o Me Segue, que incentiva a revitalização de lugares abandonados pela própria comunidade. A ideia é ocupar lugares e praças com esporte e poesia.

Ele faz questão de lembrar que foi aluno da ONG desde os 8 anos de idade, e que sempre buscou retribuir as oportunidades que recebeu. “O que me impulsionou realmente foi não querer a comunidade do jeito que estava. Eu sempre olhava as crianças e tinha vontade de fazer alguma coisa por elas. Quero que eles tirem o foco dessa realidade, quero levar novos horizontes, novas perspectivas de vida, olhar a vida de outra forma. Tem criança que tem medo de entrar num teatro, num lugar público bonito. Eu quero que eles saibam que podem ser um engenheiro, um artista”, afirma Felipe.

Confira Felipe falar em rede nacional sobre os seus projetos na comunidade, clicando aqui!

Fechar Menu