Jovem reforça habilidades socioemocionais por meio da tecnologia

“Um curso desse nível você não encontra em qualquer lugar, ainda mais gratuito, e com instrutores preparados e que realmente querem te levar para algo maior. Eles não querem te levar para um emprego qualquer. Eles querem formar um profissional que vai chegar lá e vai fazer a diferença.”

O depoimento é de André Felipe Gonçalves, de 17 anos, que concluiu o programa Recode em parceria com o Projeto Casulo em São Paulo e logo depois conseguiu seu primeiro emprego como Jovem Aprendiz em uma grande rede de lojas no ramo esportivo.

Desde o início da experiência no curso, André conta que se sentiu muito acolhido pela turma e pelo educador Antônio Videira Júnior, com vasta experiência na área social e atuação com jovens. “O professor criou um ambiente que te faz querer participar. Eu era muito travado, gaguejava muito, não sabia o que falar. Meu desenvolvimento pessoal e profissional melhorou muito”, relembra o jovem.

 

Para André, o módulo do curso dedicado ao mercado de trabalho foi um dos destaques. Ele aprendeu a criar um currículo objetivo e profissional, além de receber dicas valiosas para a entrevista de emprego. A partir de agora, ele também pretende aproveitar melhor todos os recursos que a tecnologia oferece para seu próprio crescimento. “Eu nunca tinha usado a tecnologia para me ajudar e me fazer avançar milhões de passos”, comenta.

Sobre o futuro, agora ele fala com confiança. “Tenho muito sonhos, mas o principal objetivo é abrir um negócio de arquitetura e design e ser o melhor no que eu faço. Eu busco a excelência e a perfeição”, finaliza.

 

 

Fechar Menu