Inspire-se: Jovem brasileiro aprendeu programação na escola e hoje trabalha com TI na Europa

A história de Arthur mostra a importância do ensino de tecnologia em sala de aula

O brasileiro Arthur Pessoa tem 21 anos e vive na República Tcheca, onde trabalha como consultor de tecnologia. Sua formação tecnológica começou quando criança, numa escola pública.  Ele foi aluno do projeto NAVE (Núcleo Avançado Em Educação), que busca unir uma escola pública de ensino médio a cursos técnicos em tecnologias digitais. O projeto é fruto da parceria entre Oi Futuro e Secretaria da Educação (PE) e se dá na Escola Técnica Estadual Cícero Dias (Recife).

Em horário integral, os adolescentes se formam em um dos cursos nas áreas de multimídia e programação. O Projeto também está presente no Rio de Janeiro (Colégio Estadual José Leite Lopes/Nave) e, com uma nova abordagem para o aprendizado, se tornou referência em ensino médio profissionalizante no país.

Arthur atribui grande parte de seu sucesso à experiência escolar no Nave. “Aprendi, por exemplo, a programar jogos em terceira dimensão, algo que às vezes não é ensinado nem na graduação e foi essencial para minha carreira fora do país”, conta. Além disso, afirma que foi importante se acostumar a uma rotina de trabalho, com horários, responsabilidades e cobranças comuns no mercado e que também eram rotina em sua escola.

Hoje o jovem está decolando em Praga (República Tcheca), mas pretende voltar ao Brasil no futuro e trabalhar para contribuir com a educação de seu país.

Saiba mais sobre o Projeto Nave aqui.

Fonte: http://www.bbc.com/portuguese/brasil-37580889

 

Fechar Menu