Professores usam plataforma online para inovar no ensino escolar

Como já contamos em outro post, desenvolvemos a plataforma TecEscola, um ambiente online, interativo e gameficado que conecta alunos e professores, como forma de tornar as metodologias de ensino mais dinâmicas e interessantes. A iniciativa faz parte do Projeto TecEscola, que visa apoiar docentes da rede pública de ensino do Estado do Rio de Janeiro no uso da tecnologia em sala de aula.

Agora, vamos mostrar em uma minissérie de matérias, técnicas que têm sido utilizadas nas salas de aula. Confira neste primeiro post como professores têm utilizado a plataforma para inovar:

 

  •  O professor Diego Mattos, do C.E. CIEP 131 Professora Armanda Alvaro Alberto (Duque de Caxias) está desmistificando a temida avaliação. Ele tem usado a Plataforma TecEscola para realizar as avaliações dos seus alunos. Por meio da funcionalidade de jogos, ele tem montado avaliações interativas. Conforme Diego Mattos, os alunos adoraram a novidade. Outros professores já estão interessados em usar a plataforma para o mesmo fim.

 

  • Os professores Soraya Ferreira (Biologia) e Carlos Eduardo (história), do C.E. Frei Agostinho Fincias (Engenho Novo) montaram um ciclo de aprendizagem interdisciplinar na Plataforma sobre o tema do saneamento básico. Soraya e Carlos Eduardo querem engajar os alunos para que reflitam sobre as melhorias alcançadas e o que ainda precisa ser feito para que de fato o bairro tenha um saneamento básico adequado. A partir de então, os professores têm trabalhado os seus conteúdos disciplinares. Em História, os alunos estão aprendendo todo o processo de saneamento básico ocorrido ao longo dos anos na cidade do Rio de Janeiro e refletindo sobre a crise hídrica. Em Biologia falam sobre a importância da água e do saneamento básico para prevenir doenças.

 

  • A reposição ou reforço de conteúdos no pós-greve também tem sido uma forma de usar a Plataforma TecEscola, uma iniciativa que vem dando resultado implementada pelo professor de química do C.E. Almirante Tamandaré (Vidigal), João Ricardo Leite.

Aguardem, que contaremos em outros posts mais novidades que têm sido adotadas nas escolas.

 

Fechar Menu